Saiba
Empresário consulta sistema do Banco Central e descobre cerca de R$ 2 mil a receber de banco; Aprenda a consultar
O empresário disse ainda que se sentiu feliz ao saber que tem o dinheiro para receber e afirmou que o valor veio em uma boa hora.

Publicado em 28/01/2022 13:12 - Atualizado em 28/01/2022 13:12

Foto/Reprodução


Um empresário de Manaus consultou o sistema disponibilizado pelo Banco Central para verificar valores a receber de bancos e demais instituições financeiras e descobriu quase R$ 2 mil disponíveis. Luiz Eduardo Leal contou ao g1 que consultou de maneira despretensiosa, para saber se teria algo a receber.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Quando o sistema foi liberado para consulta, na última segunda-feira (24), Leal entrou no site do Banco Central e, para sua surpresa, viu que tinha R$ 1.984,00 para receber.

“Era uma conta antiga, da época que era adolescente, época de escola. Fui ver e aí estava lá o dinheiro. Não estava esperando. Essa conta ficou abandonada lá, tanto que nem lembro a senha”, disse o empresário.

Apesar de ter visto o valor a receber, Leal contou que ainda não conseguiu transferir para sua conta, pois o sistema foi tirado do ar após um grande número de acessos provocar instabilidade e queda em sites do Banco Central.

O empresário disse ainda que se sentiu feliz ao saber que tem o dinheiro para receber e afirmou que o valor veio em uma boa hora.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

“Eu acabei de voltar de uma viagem para o Sul do país e estou em planejamento do meu casamento. Uma parte vai para pagar a viagem que fiz e a outra vai para o casamento. Ainda bem que eu vi em vida. Já aconteceu na minha família de fazer inventário de pessoas que faleceram e nem ele saber que tinha conta com dinheiro. É uma sensação gostosa saber que tem um dinheiro que você não contava e ele chegar em uma boa hora”, finalizou Leal.

Sistema para consulta de valores a receber de bancos e instituições

O Banco Central disponibilizou o sistema para que pessoas e empresas possam consultar se têm algum valor a receber de bancos e demais instituições financeiras, na última segunda-feira (24).

Um dia depois, o sistema foi tirado do ar após um grande número de acessos provocar instabilidade e queda em sites do Banco Central.

Ainda de acordo com o Banco Central, apesar da instabilidade no sistema, 79 mil cidadãos conseguiram acessar entre segunda e terça-feira e concluir 8,5 mil solicitações de devolução.

Esses pedidos somam cerca de R$ 900 mil e, segundo o Banco Central, "serão transferidos via PIX em até 12 dias úteis".

"O lançamento do Sistema Valores a Receber (SVR) gerou demanda de acessos muito acima da esperada, o que provocou instabilidade em sua página e também nos sites do BC, do Registrato e Minha Vida Financeira. Para estabilizar esses sites, o BC suspendeu temporariamente o acesso ao SVR", informou o Banco Central em nota divulgada na tarde desta terça.

Como consultar

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Para consultar se há saldo disponível a ser resgatado, acesse o portal de Valores a Receber do Banco Central (www.bcb.gov.br).

Em seguida:
Clique em "Consulta ao Relatório Valores a Receber"

Clique em "Iniciar consulta"

Insira seu CPF ou CNPJ de sua empresa

Transcreva os caracteres para provar que você é humano

Se não tiver nada a receber, aparecerá a mensagem "Atualmente, você não possui valores a receber"

Se existe dinheiro a ser liberado, aparecerá "Consulta realizada com sucesso! Para saber mais detalhes dos valores a receber, acesse o Registrato"

Do G1 e Noticias ao Minuto


COMPARTILHAR NO WHATSAPP