Saiba
Confira a lista de Profissões consideradas Insalubres para o INSS e que garantem aposentadoria especial
Conheça as profissões que garantem a aposentadoria especial, bem como a documentação necessária para pedir o benefício

Publicado em 27/07/2021 17:01

Foto/Reprodução


Do Jornal Contabil - Os trabalhadores que exercem ou já exerceram atividade insalubre possuem direito à aposentadoria especial caso comprove o período de atividade especial que se caracteriza por insalubridade e periculosidade, com 25, 20 ou até mesmo 15 anos. Para algumas profissões é possível comprovar a insalubridade de maneira bem mais simples ao INSS.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A facilidade existe porque até o dia 28 de abril de 1995 existia uma lista de profissões que eram consideradas insalubres pelo próprio

Logo, caso o trabalhador exercia alguma das atividades que listaremos aqui até o ano de 1995, basta comprovar o exercício da profissão bem como o período para que seja considerado o direito a aposentadoria especial.

Em muitos casos a Carteira de Trabalho (CTPS) já é o documento suficiente para comprovar a atividade para que o INSS possa reconhecer o seu direito, mas é importante lembrar que não é sempre que isso ocorre.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Esqueceu de pagar a conta da luz? Descubra qual é o prazo para o corte de energia

Profissões consideradas insalubres pelo INSS

Confira à seguir quais são as profissões que se enquadram por categoria profissional ao INSS. Mas é necessário ficar atento, em caso de dúvidas o melhor caminho é buscar um advogado para orientá-lo sobre como conseguir a aposentadoria de forma mais justa possível.

Profissões com direito à aposentadoria especial com 25 anos de atividade:

• Aeroviário.
• Aeroviário de Serviço de Pista.
• Auxiliar de Enfermeiro.
• Auxiliar de Tinturaria.
• Auxiliares ou Serviços Gerais que trabalham condições insalubres.
• Bombeiro.
• Cirurgião.
• Cortador Gráfico.
• Dentista.
• Eletricista ( acima 250 volts).
• Enfermeiro.
• Engenheiros químicos, metalúrgicos e de minas.
• Escafandrista.
• Estivador.
• Foguista.
• Químicos industriais, toxicologistas.
• Gráfico.
• Jornalista.
• Maquinista de Trem.
• Médico.
• Mergulhador.
• Metalúrgico.
• Mineiros de superfície.
• Motorista de ônibus.
• Motorista de Caminhão (acima de 4000 toneladas).
• Técnico em laboratórios de análise e laboratórios químicos.
• Técnico de radioatividade.
• Trabalhadores em extração de petróleo.
• Transporte ferroviário.
• Transporte urbano e rodoviários
• Tratorista (Grande Porte).
• Operador de Caldeira.
• Operador de Raios-X.
• Operador de Câmara Frigorifica.
• Pescadores.
• Perfurador.
• Pintor de Pistola.
• Professor.
• Recepcionista (Telefonista).
• Soldador.
• Supervisores e Fiscais de áreas.
• com ambiente insalubre.
• Tintureiro.
• Torneiro Mecânico.
• Trabalhador de Construção Civil (Grandes Obras, Apto acima de 8 andares).
• Vigia Armado, (Guardas).

Curso de Inglês totalmente online

Aumente em 10x suas chances de entrar no mercado de trabalho.
As melhores vagas com os melhores salários  Aprenda inglês de uma forma muito simples e inovadora. CLIQUE AQUI

Profissões com direito à aposentadoria especial com 20 anos de atividade:

• Extrator de Fósforo Branco.
• Extrator de Mercúrio.
• Fabricante de Tinta.
• Fundidor de Chumbo.
• Laminador de Chumbo.
• Moldador de Chumbo.
• Trabalhador em Túnel ou Galeria Alagada.
• Trabalhadores permanentes em locais de subsolo, afastados das frentes de trabalho.
• Carregador de Explosivos.
• Encarregado de Fogo.

Profissões com direito à aposentadoria especial com 15 anos de atividade:

• Britador.
• Carregador de Rochas.
• Cavoqueiro.
• Choqueiro.
• Mineiros no subsolo.
• Operador de britadeira de rocha subterrânea.
• Perfurador de Rochas em Cavernas.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Leia Tambem: Conheça os 10 aparelhos que mesmo desligados, consomem mais energia

Lembra-se da nota de R$ 10 de plástico? Esse é o valor que ela vale hoje

Alista completa você encontra por meio dos Decretos 53.831/64 e 83.080/79.
É importante lembrar que algumas profissões não estão nos decretos, mas são consideradas insalubres pela jurisprudência.


COMPARTILHAR NO WHATSAPP